Santo Tirso

Santo Tirso - Município português, pertencente ao distrito do Porto e constituído por 14 freguesias (União de Freguesias de Areias, Sequeiró, Lama e Palmeira; União de Freguesias de Santo Tirso, Couto-Santa Cristina e São Miguel, e Burgães; Rebordões; Vila das Aves; São Tomé de Negrelos; Roriz; União de Freguesias de Campo-São Martinho, São Salvador, e Negrelos-São Mamede; Vilarinho; União de Freguesias de Lamelas e Guimarei; Monte Córdova; União de Freguesias de Carreira e Refojos; Reguenga; Agrela e Água Longa).

Localizada a nordeste da cidade do Porto e a sudeste da cidade de Vila Nova de Famalicão, na margem esquerda do rio Ave, a cidade de Santo Tirso é sede de município e regista atualmente uma população de cerca de 74000 habitantes.

Povoação muito antiga, a sua história confunde-se com a do mosteiro beneditino, fundado por volta do século VIII e que administrava toda a região circundante já no final do século XI. Sancho I, Urraca Sanches e Afonso II fizeram importantes doações ao mosteiro, cuja projecção se manteve por muito tempo.

Tendo feito parte das terras da Maia e de Refojos, passou a sede de concelho por volta de 1830. Foi elevada a vila em 1863. É cidade desde 1985.

Rica em património edificado, como o mosteiro beneditino (do século VIII, com claustro gótico, peças seiscentistas e setecentistas), o mosteiro de Singeverga, a ponte (medieval) da Lagoncinha, os castros de monte Córdova e Alvarelhos, e a capela de Santa Maria de Negrelos.