Guimarães

Guimarães situa-se no Norte de Portugal, na Região do Minho, pertence à sub-Região do Vale do Ave, com uma população aproximada de 160 000 habitantes. Guimarães cidade de origem medieval tem as suas raízes no remoto sec x, berço da Nação, presumível local de nascimento de D. Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal.

O orgulho vimaranense assenta no seu Património Arquitetónico, associado à Fundação da Nacionalidade expressa com a inscrição na muralha da cidade: “Aqui nasceu Portugal”. Em 13 de Dezembro de 2001 o Centro Histórico de Guimarães foi distinguido pelo Unesco como Património Mundial da Humanidade. Em 2012, foi nomeada Capital Europeia da Cultura e em 2013, foi nomeada Cidade Europeia do Desporto.

Em Guimarães imperam os monumentos históricos, arquitetónicos e emblemáticos, envolvidos por espaços verdes que os dignificam, imbuídos de grande sentido de estética e proporcionando bem estar e harmonia à cidade.

A árvore mais emblemática de Guimarães é a Oliveira, fazendo parte da iconografia vimaranense, estando presente nas suas tradições e no seu imaginário. Está patente no brasão da cidade e dá o nome ao Largo mais emblemático, a antiga Praça Maior, à Colegiada e à própria Santa Maria de Guimarães, padroeira de Portugal até 1640, que a partir do século XIV (D.João l) se passa a designar por Nossa Senhora da Oliveira.