Jardim D. Maria II

2 i  3  1 720 400
O Jardim D. Maria II situa-se no coração da cidade, no antigo Campo da feira. A inauguração da estátua da rainha D. Maria II, em 1968, marca a conclusão da primeira fase deste jardim. Em 1972, o edifício da Fundação Cupertino de Miranda implanta-se no seu topo norte, dando origem a uma praça pública, envolvida pelas principais ruas comerciais da cidade e palco dos mais importantes eventos e atividades de natureza cultural, lúdica e de lazer. Deste conjunto, desenhado pelos Arquitetos João Abreu Castelo Branco e Luís Praça, destaca-se o revestimento azulejar da torre, da autoria de Charters de Almeida. A sul, desenvolve-se o jardim, que convida ao repouso e lazer, com equipamentos que promovem o encontro intergeracional. Esta praça central e o Jardim D. Maria II constituem um conjunto muito marcante no espaço urbano da cidade, que lhe conferem identidade e que, pela sua tradição e centralidade, continuam a ser local de encontro, de sociabilidade, de convívio. 

planta do parque

planta do parque

equipamentos

A enquadrar este jardim, encontra-se a Fundação Cupertino de Miranda, onde poderá visitar um importante espólio de arte surrealista. 

arte pública

Este jardim homenageia duas personagens fundamentais à história de Vila Nova de Famalicão: a rainha D. Maria II que lhe deu o segundo foral e Artur Cupertino de Miranda, empresário e filantropo. 

flora

O jardim tem espécies de Bordo do Japão, Casuarina e Tílias. 
Address

Rua Luis Barroso
4760-153 VILA NOVA DE FAMALICÃO

Phone
(+351) 252 320 900
Fax
(+351) 252 323 751
2 i  12  1 720 400

Jardim © António Freitas

2 i  12  1 720 400